segunda-feira, 21 de maio de 2012

Lasiodora klugi

Bahia Scarlat Tarantula, é semelhante a L. Parahybana, mas a sua coloração é mais escura (preta) com o diferencial dos pêlos abdominais serem bem avermelhados, quando mais velhas tendem a uma coloração mais desbotada, e o abdômen tende a cor de cobre.

Comportamento:
São aranhas bem ágeis, rápidas, ótimas escaladoras, possuem veneno pouco ativo no homem, podendo causar pequena dormência no local da picada; Devido as grandes quelíceras, e o seu tamanho, o animal tem uma picada dolorosa, muito forte. Possuem principalmente no abdômem pêlos urticantes, utilizados em sua defesa. Geralmente "forram" o chão do terrário com sua teia, também utilizando a mesma principalmente na toca, mais densa na época da ecdise. O macho também utiliza essa teia,para poder depositar o esperma.

Tempo de Vida:
Lasiodora Klugi, tempo de vida de indivíduos machos variando em torno de 4 (quatro) anos, e os indivíduos fêmeas tendo o tempo de vida em torno dos 13 anos.

Tamanho:
Ambos com tamanho médio variando entre 18 e 14 cm. Em alguns casos,principalmente as fêmeas passam dos 20cm.

Alimentação:
Composta inicialmente por pequenos insetos como baratas, grilos, após atingir um certo tamanho as mesmas podem alimentar-se de pequenos répteis, neonatos, gafanhotos, inclusive também outras aranhas. Têm preferencia, pelos criadores, os indivíduos do sexo feminino, pois as mesmas possuem apetite maior, são mais vorazes; já os indivíduos machos possuem um longo período de jejum. Preferencialmente no desenvolvimento destas aranhas, é recomendada dieta com alto teor de proteínas.

Terrario:
, : 40x30 x 40cm (mínimo) 50 x 30 x 40 cm (ideal). Substrato: terravegetal,casca de pinus e pó de coco. Uma toca de casca de árvore esterilizada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário